Veja isso!!!

PROJETO ONE 2020

PROJETO ONE 2020 ***** PROJETO ADIADO******. Breve voltaremos a dar informações (PROJETO 2019 CONCLUÍDO - veja notícias no  Facebook...

quinta-feira, 26 de março de 2015

A Faca e o Queijo na Mão – tão simples assim!!!


Tópicos de Plantação de Igrejas
(textos para todos aqueles que desejam ver igrejas multiplicadoras)

Simples assim? Sim, é simples, mesmo que não seja fácil. Isso porque Deus colocou na igreja o DNA da multiplicação. É natureza da igreja multiplicar-se. 
Pastores e lideres: Digam sempre para suas congregações que elas existem para multiplicar. Multiplicai-vos e enchei a terra não é só um mandato biológico. E para isso acontecer basta decidir, querer, escolher o que Deus quer. Em outras palavras, cada membro ou igreja deve encarar isso de modo intencional.

Nós como igrejas da CIELB estamos tendo o privilégio de receber de Deus as facas afiadas e queijos deliciosos. O primeiro passo para plantar igrejas é desejar fazer isso intencionalmente. Mais que uma meta a ser alcançada, que multiplicação seja a paixão da igreja e o assunto de cada semana. 

Com certeza surgirão muitas barreiras e empecilhos. Lemos sobre isso em Hebreus 12.1 e 2. Por favor estude este texto. Muitas coisas que atrapalham nosso crescimento e multiplicação não são coisas ruins ou más nem pecados. Se fossem ruins nós as abandonaríamos logo. Mas é nosso apego às coisas boas que constitui um grande problema. O conselho é: livremo-nos de tudo que nos atrapalha, seja o pecado, um peso ou um empecilho qualquer. 

Me perguntei quais decisões temos que tomar para cumprir nosso papel com mais zelo e dedicação! E a resposta foi: Simplificar!!! Esta é a chave!!!
Mas entenda bem, simplificar não é ser simplório. Simplificar significa fortalecer o essencial

Quantas vezes afirmamos que Jesus é tudo pra nós? Ou que em Jesus temos tudo?
Mas na pratica é assim mesmo? Ou para ser igreja precisamos de Jesus e outras coisas mais? Somos traídos por nossos corações, pois quando se fala em igreja pensamos nos cultos, templo, nas cadeiras, púlpito, gazofilácio, etc... não é?

Conseguimos ver igreja sem estas coisas? Deveríamos! Porque é a maneira de fortalecer o essencial. Sempre pense Igreja como pessoas ou discípulos.
E esta é uma decisão simples de tomar, mas não é fácil, pois com freqüência damos maior prioridade e valor às atividades e coisas. 

Discipulado é o coração e missão da igreja. E se andarmos no caminho do discipulado profundo, ensinando a obediência ao Senhor Jesus, a multiplicação nos seguirá. Discipulado é essencial!!! Como está o discipulado em sua vida e igreja?

Pastor, assiduidade aos cultos não é base pra medir a espiritualidade de alguém.  Você estaria disposto a romper com velhos paradigmas e se dedicar ao discipulado profundo de uma ou duas pessoas? 
Plantador de igrejas, antes de começar qualquer atividade de igreja ou criar qualquer tipo de estrutura de igreja, dedique-se aos relacionamentos e ao discipulado dos que  se entregarem ao Senhor. Esqueça das outras coisas por enquanto. Assim você estará formando a base de como será esta nova igreja no futuro. 

Para a igreja voltar ao essencial precisa de cura e a palavra chave para cura é “morte”. A saúde da igreja está diretamente ligada à disposição de morrer. Não tenha medo! Nossa teologia evangélica não ensina a ressurreição? Em lugar de buscarmos segurança e conforto devemos voltar a ser ovelhas indo ao matadouro, renunciando nossa vida para gerar vida em alguém. Não viva como se Deus fosse uma Bíblia mas invista sua vida em outras vidas e discipule-as. Não informe as pessoas com estudos bíblicos meramente. Discipule-as. O tema é obediência, é seguir a Cristo! Simples assim!

Johny Stutzer

SPI-CIELB